2021-01-28 16:33:38
Pó de rocha e a sua granulometria ideal

Os remineralizadores de solo, também conhecidos como pó de rocha na agricultura, são usados para proporcionar uma maior produtividade e rentabilidade no campo. Esses remineralizadores alteram os índices de fertilidade e melhoram as condições químicas, físicas e biológicas dos solos agrícolas. 

Uma das características principais desses pós de rochas é o fornecimento de minerais jovens ao solo visando condicionar, remineralizar e regenerar a capacidade produtiva de solos degradados, melhorando a CTC (capacidade de troca de cátions), CRA (capacidade de retenção de água) e fornecer multinutrientes para o solo e planta.

Mas a escolha da rocha e, principalmente, a sua granulometria devem ser observadas para garantir o efeito esperado nas culturas. O pesquisador da Embrapa, Dr. Éder Martins, explica que a granulometria ideal dos remineralizadores depende da composição da rocha que deu sua origem.

 “A fração menor que 0,3 mm geralmente é a mais ativa em remineralizadores derivados de rochas ígneas e metamórficas. Já os pós derivados de rochas sedimentares formadas por argilominerais podem apresentar granulometria mais grosseira, pois partículas compostas podem ser desmontadas naturalmente em partículas mais finas após a sua aplicação no solo”, diz o pesquisador.

Registro no MAPA

O CEO da Actualpar, Daniel Antunes, explica que os pós de rochas foram definidos como remineralizadores de solos (REM) pela Lei 12.890/2013 e regulamentados pela Instrução Normativa 5 de 10 de março de 2016  do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). “O uso de produtos sem a devida certificação no MAPA, coloca em risco a saúde do solo, da planta, dos animais, da água, do operador que aplica e de todos que consomem os produtos extraídos”, enfatiza.

Com a regulamentação, a classificação dos remineralizadores e condicionadores de solos inclui a exigência de análises geoquímicas, mineralógicas e granulométrica, além de estudos que comprovem a eficiência do uso do produto em lavouras. O FMX é o primeiro remineralizador de solos registrado no MAPA, e antes da autorização do seu registro, o pó de rocha passou por todos os critérios exigidos pelo Ministério da Agricultura.


Granulometria Filler

Entre os fatores analisados antes da aprovação do Mapa estão: os percentuais mínimos da soma de bases (potássio, óxidos de cálcio e de magnésio), percentuais máximos de elementos potencialmente tóxicos e de sílica livre, além da indicação do pH de abrasão e da granulometria, que deve ser filler com maior superfície de contato com o solo para uma maior biodisponibilização dos nutrientes para as plantas.

Daniel lembra que o registro no MAPA é a segurança da cadeia produtiva destes insumos para os mineradores, agricultores e consumidores de alimentos. “A empresa deve ser registrada no MAPA como estabelecimento produtor de REM, sendo que deve ter todas as licenças de funcionamento e atender critérios ambientais e de segurança”, pontua ele.
 
Quer saber como Aumentar a sua Produtividade usando o insumo Agrícola FMX?
Não Perca mais Tempo! Fale AGORA com um de nossos Consultores Especialistas.
QUERO UMA CONSULTORIA
WHATSAPP (62) 3412-6631
TELEFONE (62) 3416-1070